segunda-feira, 25 de agosto de 2014

PAP: Bolo Cenográfico em E.V.A.



Este passo a passo é um dos concorrentes da Segunda edição da Promoção Divulgue seu Talento com a Tekbond e o Ateliê na TV. Aproveite as dicas e técnicas da Meire Biudes e solte a imaginação.

O bolo cenográfico

Este bolo foi um dos itens que fiz para o casamento da minha filha. O buffet da festa até tinha um bolo de biscuit, mas estava muito usado e tinha só 3 andares. Eu queria um bolo de 5 andares e que tivesse mais a ver com ela, então resolvi fazer o bolo em E.V.A. por vários motivos: não sou muito hábil com biscuit, o E.V.A. é mais leve e fácil de ser transportado para este tipo de bolo, além disso é muito mais fácil de limpar e guardar. Este bolo, apesar de ter 5 andares pode, perfeitamente, ser adaptado em tamanhos menores. O aluguel de bolos cenográficos está em alta e, apesar dos ‘queridinhos’ serem de biscuit, este bolo em E.V.A. não fica devendo em nada no que se refere à sofisticação e acabamento.

Sobre a artesã: 

O artesanato nasceu junto comigo. Sou libriana, com ascendente em libra, e para quem não manja nada de signo, eu explico: libra é um signo voltado à arte, é muito comum um libriano artista tipo Will Smith, John Lennon, Vinicius de Moraes, Fernanda Montenegro... Então meio que nasci predestinada a fazer arte e faço desde que me lembro. Minha primeira experiência de arte foram capas de almofadas que pintei com 7 anos, com 12 anos pintava telas. Sempre fui muito curiosa e quando via um objeto de arte eu queria saber como foi feito; e tentava reproduzi-lo até conseguir. Assim, passeei por muitos caminhos criativos: telas, cerâmicas, esculturas, bijuterias, chinelos, decoração de festas, vitrines de lojas, cestaria em jornal e, mais recentemente, sabonetes artesanais. Já tive uma loja de embalagens artesanais e de cestas de café da manhã. No final das contas, cursei jornalismo e trabalho na área. Mas o artesanato jamais sai de mim, porque eu simplesmente não deixo!

Como falar com a Meire:

Blog: www.amorasvoadoras.blogspot.com
E-mail: mbmeiroka@gmail.com

Materiais
9 folhas de E.V.A. branco (cada folha rende de 16 a 18 rosas)
Molde da rosa (abaixo)
Palito de churrasco para riscar
Tesoura
Ferro (sem vapor)
Cola Instantânea Tekbond nº 2
Cola de Silicone Tekbond
Meia pérola
Strass ou outro detalhe brilhante
Estilete, régua, palito de madeira para riscar

 
Este bolo foi elaborado em diferentes etapas. As quantidades aqui relacionadas foram usadas para um bolo de 5 andares. Assim, será necessário adequar a quantidade de materiais para bolos menores. Seguem os materiais para cada etapa e seu passo a passo respectivo: 
  

PASSO A PASSO: Bolo Cenográfico em E.V.A.


1ª Etapa: Rosas em E.V.A.


Passo 1, 2 e 3

Utilizando o molde, risque com o palito de churrasco em uma folha de E.V.A. aproveitando todos os espaços. Normalmente, rende 18 rosas. Nesta foto abaixo, recortei duas pétalas a mais. Mas somente o molde rende uma rosa bem bonita. Recorte os moldes de rosas, sempre fazendo movimento de puxar e nunca picotando. Coloque o molde recortado entre duas folhas de papel sulfite. Com o ferro quente vá pressionando o E.V.A. começando pela parte menor.


Passo 4, 5 e 6

Veja que o E.V.A. amolece e pode ser moldado. Com o dedo indicador e o polegar, enrole as pontas das pétalas com movimentos de vai e vem.
Volte o molde para dentro das folhas de sulfite e repita o processo de esquentar e enrolar as pontas das pétalas, até terminar o molde.

Passo 7, 8 e 9

Agora vamos enrolar a rosa. Comece pela ponta menor e vá enrolando bem justinho até terminar o molde.
Quando terminar de enrolar passe algumas gotas de Cola Instantânea Tekbond nº 2.

Passo 10, 11 e 12

Agora vire a rosa e vamos começar a fechar o fundo. Passe a Cola Instantânea Tekbond nº 2 em todo o fundo e imediatamente comece a fechá-la.

Passo 13 e 14


O fundo da rosa deverá ficar assim.
Para este bolo eu fiz 165 rosas.

2ª Etapa  – Entrelaçamento do Bolo


Este bolo cenográfico de E.V.A. foi totalmente entrelaçado com tiras de E.V.A. Este processo, ao invés da forração, dá um acabamento perfeito ao bolo, ficando muito parecido com um bolo de biscuit. Nesta etapa mostraremos como foi feito o entrelaçamento.

Passo 1, 2 e 3

Risque o E.V.A. usando o palito de madeira. Corte as tiras e reserve. Ao final você terá várias tiras.
O diâmetro do bolo de isopor da base é muito grande, assim, mesmo com tiras longas você terá que uni-las. Faça isso usando cola instantânea n.o 2 Tekbond. Passe uma camada na lateral e una as duas tiras apenas segurando as duas por alguns segundos (a n.2 é perfeita para isso porque não escorre como a n.1 e cola mais rápido que a n.3).

Passo 4, 5 e 6

Para o topo de cada bolo de isopor, corte a circunferência usando o próprio bolo como molde. Neste caso também será necessário unir duas partes (ou se comprar as folhas de E.V.A. maiores talvez não seja necessário).
Também será necessário cortar uma tira da lateral do bolo. Meça a altura de cada bolo (eles diferem em altura e largura) e corte uma tira que deverá ser colada ao longo de toda a lateral do bolo.
Comece o entrelaçamento, colando as tiras no sentido horizontal, se não der o tamanho, cole-as como ensinado no passo 3.

Passo 7,  8 e 9

Cole todas as tiras laterais unindo-as com cola instantânea Tekbond n.2 (talvez seja necessário fazer mais de uma emenda, não tem problema, porque no entrelaçamento você esconderá essas junções).
Inicie o entrelaçamento vertical. Observe que você poderá esconder as emendas sem problemas. Assim o acabamento do seu trabalho será perfeito.
Observe que a cada entrelace você precisa ir ajustando as tiras para que fiquem bem juntinhas. As tiras devem sobrar mais na parte superior, a parte inferior será colada (passo a seguir). Não se preocupe com as sobras agora, apenas vá dando ao entrelaçado um ajuste perfeito. Veja na foto abaixo que a parte superior terá uma sobra grande.






Passo 10, 11 e 12

Agora iremos colar as sobras inferiores com cola instantânea Tekbond n.2. Observe pelas fotos que você deve colar E.V.A. com E.V.A.
Coloque a bolacha de E.V.A. no topo do bolo, se quiser passe uma camada de cola branca Tekbond no topo e cole essa bolacha de E.V.A.
Agora comece a colar as tiras superiores na bolacha de E.V.A. Vá colando uma a uma de forma que a beirada do bolo fique uniforme.
Repita o processo em todos os bolos. Lembre-se que cada um vai precisar de um número específico de tiras, tanto horizontais, como verticais.



3ª Etapa  –  ENFEITANDO O BOLO


Passo 1, 2 e 3

Essa meia pérola é excelente para este tipo de enfeite, pois não cria muito volume. Assim, ela se manterá por muito tempo sem cair. Cole uma a uma no encontro das tiras do trançado - aqui você pode usar Cola de Silicone Tekbond ou cola instantânea Tekbond.
Encaixe os bolos usando os palitos de churrasco. Não é preciso colar, assim se precisar desmontá-lo para transporte basta puxar com cuidado.



Passo 4, 5 e 6

Comece a colar as rosinhas de E.V.A.
Observe nas fotos abaixo que coloquei uma pedrinha de resina no miolo das rosas (quando a luz refletir dará um brilho discreto) – caso queira mais brilho, no lugar da pedrinha você pode colocar strass, daqueles que já vem com adesivo auto colante.
O arremate foi feito com uma fita de cetim larga, laço e detalhe de meia pérola.



Peça Finalizada: